quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Sansão e Dalila

Para viver em nossos dias, um cristão de fato deve ter o cuidado de estudar muito a palavra de Deus para não levar gato por lebre, pois ultimamente tem surgido séries e filmes contando histórias com tantos acréscimos que as vezes me pergunto se estão sendo úteis ou não.
A história do homem de Deus chamado Sansão é muito importante para quem procura conhecer um pouquinho do quanto um servo de Deus pode fazer se for fiel aos propósitos a que fora destinado, mas também ensina que a desobediência aos mesmos, trará danos irreparáveis. Sempre que o povo de Israel deixava de observar as Leis dadas por Deus através do seu servo Moisés, as coisas se complicavam, os inimigos se levantavam, e a luta pela sobrevivência se tornava uma constante em suas vidas; parece tão inadequado, não é mesmo? Se eles são os escolhidos de Deus e venceram tantas batalhas que pareciam impossíveis, porque de uma hora para outra tornavam-se vítimas?
Diga-se de passagem, que eles não eram um grupinho de pessoas débeis, ao contrário, eram um povo forte e corajoso (os descendentes de Dã somavam nada mais que sessenta e quatro mil e quatrocentos segundo suas famílias Nm.26:42,43), isto se repetia nas doze tribo, é só ver o cap. 26 do livro de Números.
Só tem uma coisa que causaria esta debilidade: A DESOBEDIÊNCIA. Sabemos que Deus é acima de tudo um pai, que ama e corrige, quando necessário, e também que Ele é imutável, e como tal quando dá uma ordem, ela deve ser cumprida.
Eu sei que pra quem não é cristão, vive nos padrões da permissividade excessiva, onde muitas vezes os pais acreditam que não se deve dizer não aos filhos, achará esta posição de Deus muito severa, mas vale lembrar que, segundo o próprio Senhor dos Senhores em Isaías 55:8,9 "Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o senhor......". Assim fica claro que a nossa limitada capacidade intelectual não nos capacita questioná-Lo, já que de tudo sabemos em nossas vida, a única plena certeza que temos é que todos, sejamos muito ricos ou muitíssimo pobres, um dia morreremos.
Eu particularmente, não me atrevo a duvidar ou desobedecer, pois, é muito mais inteligente acatar as ordem de quem é o senhor da minha vida. Certa vez Jesus disse:"Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes......Mt.10:28".
Mas voltando ao nosso amigo Sansão, ele foi nascido com um propósito definido, libertar o povo do julgo do inimigo os Filisteus. Entretanto, mesmo sendo fiel ao Senhor ele só se encantava por mulheres filistéias.. Apesar da sua desobediência, Deus realizou o seu propósito.
Nós escolhemos fazer as coisas da forma que mas nos agrada, mesmo sabendo que a vontade de Deus não esta sendo cumprida, achamos que Ele nos entenderá, mas eu te pergunto, você, como ser humano, limitado pelo tempo, entende quando alguém recebe para te prestar um serviço do jeito que você queria, mas o cidadão não te dá a mínima e faz o bem quer, você ficaria feliz com isso?
É só pra pensarmos. Dalila era uma prostituta, mas podia ter uma atitude diferente se quisesse, pois ela foi movida apenas pela ganância. Se parasse para pensar, poderia ter sido uma das mulheres com uma atitude mias sábia como foi Raabe, que entendeu ser melhor ficar ao lado do povo de Deus (Js.2:4a11), ou ainda como Abigail que teve a sabedoria para salvar sua família e foi abençoada com o seu casamento com o Rei Davi quando ficou viúva (ISm.25:18a35).
É sempre bom analisarmos as nossas escolhas, ver se realmente a voz do povo é a voz de Deus. Diga-se de passagem, que esta frase não é verdadeira. Basta observar a quantidade de políticos corruptos que são escolhido pelo povo.
Deus nos permitiu sermos o que somos, devemos valorizar as virtudes que nos deu, Ele nos capacitou a compreender as coisas, fazer a diferença, e seguir o verdadeiro caminho. Deus é perfeito, nos ama e sempre cuida dos seus filhos. É muito bom adorá-Lo, é sempre melhor louvá-Lo, bendizê-Lhe o nome, pois a Ele pertence a terra e tudo que nela contém.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Davi, Rei de Israel


Hoje eu quero falar de alguém muito especial . Este homem foi o maior exemplo para todos nós e seria ótimo se todo cristão procurasse viver da mesma maneira que ele, no que diz respeito ao comprometimento com Deus.
O que mais me faz pensar sobre sua vida, é que este homem não foi perfeito aos nossos olhos,ao contrário,foi um homem como todos os outros, cheio de falhas, e em algumas vezes, podemos dizer que foi até cruel; então porque considerar especial alguém assim?

Quando resolvi estudar os livros dos Reis de Israel percebi que o sucesso destes estava sempre condicionado ao grau de compromisso que tiveram com Deus, e observando o rei Davi, vi que o comprometimento dele com O Senhor dos Senhores foi pleno e exclusivo, por isso, sempre que precisava tomar qualquer decisão,ele consultava ao Senhor, e seguia sempre conforme a vontade de Deus. Apesar de ser um grande guerreiro, não gostava de matar, e em certas ocasiões, porque não dizer, foi ate condescendente; quando estava sendo perseguido pelo Rei Saul,teve a oportunidade de matá-lo, mas ele não tocou em Saul porque temia ao Senhor;(1 sam.24:4).

Davi poupou a vida do Rei por que entendia que este era o ungido de Deus.Também percebemos que todas as nossas atitudes ao longo vida tem suas consequencias; e com o Rei Davi não podia ser diferente, quando ele se apaixonou pela mulher de Urias (2.sm.111-27) e tomou aquela decisão contra o seu oficial, ele não imaginou que isto lhe traria tantos problemas.mesmo tendo aceito a repreensão do Senhor atraves do profeta Natã, e se arrependendo de sua atitude, Deus o avisa das consequencia do seu ato(2.Sm.12:10-13).Porque será que mesmo depois do arrependimento de Davi as turbuléncias em sua família não cessaram?Seria porque as consequencia do pecado não é revogavel?

Quando o apóstolo Pedro cortou a orelha do soldado, Jesus o advertiu dizendo " que quem vive pela espada, morre pela espada"(Mt.,26;52) mas voltando ao Rei Davi, o que o fez diferente, e lhe valeu o título tão importante foi o simples fato de ser um verdadeiro servo de Deus e ter um coração humilde, vejamo com ele se coloca diante de Deus em uma de suas orações"SENHOR,NÃO ME REPREENDA NA TUA IRA NEM ME CASTIGUES NO TEU FUROR.TEM COMPAIXÃO DE MIM,SENHOR,PORQUE OS MEUS OSSOS ESTÃO ABALADOS......."SL.6:1,2.

Ele nunca se apresenta diante de Deus com altivez ou orgulho , mas demostra -se dependente da misereicordia deDeus.Em tudo que observamos na palavra de Deus sempre há magnificos ensinamentos e com o querido irmão Davi Rei de Israel aprendemos que o segredo do sucesso é ser completamente dependente da vontade do Senhor, pois ELE sabe o que é melhor pra nós.Graça e paz.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Mulheres Valorosas

Quando decidir escrever sobres mulheres que marcaram época, achei por bem falar também de algumas mulheres do mundo secular, pois não seria justo falar apenas de mulheres dos tempos biblicos, sem mencionar algumas mulheres que fizeram muita diferença, apesar das dificuldades impostas pela sociedade onde viveram.Não vou me aprofundar muito em suas vidas,pois o objetivo deste blog é aprender com a palavra de Deus e seus personagens.Encontramos mulheres tais como Mary wollstonecraft,uma escritora inglesa ,pioneira na luta pelos direitos da mulher entre 1787e 1797; também podemos citar Maria Quitéria uma jovem, que em 1822 lutou como soldado defendendo a Bahia de ser invadida pelos portugueses e ajudando assim na consolidação da independência do Brasil e mais tarde foi condecorada com a insígnia dos Cavaleiros da Ordem Imperial do Cruzeiro do Sul,que concedeu-lhe tambémo direito ao soldo( uma espécie de salário dos soldados)com o qual ela sobreviveu até o fim de sua vida.Mas tudo isto que registrei é apenas uma pequena análise do que nós mulheres podemos fazer quando nos propomos a usar nossa inteligência e, até mesmo a nossa força em prol de algo realmente importante.

No livro de Juises, encontramos uma mulher muito corajosa,que apesar das dificuldades de seu tempo,ela tomou parte em uma batalha, juntamente com Baraque.A palavra de Deus em Juizes cap.4:4 nos faz saber que Debora fora chamada por Deus para ser profetisa e como de costume na época,também era Juíza.Isso nos faz entender que pra Deus somos todos iguais,e quando nos colocamos à sua disposição Ele mesmo nos prepara e capacita.Quando citei algumas mulheres do mundo secular,foi para que notassemos o quanto somos capazes de fazer sem que percamos as nossas caracteríscas básicas; estas mulheres em questão foram tal qual você e eu,não é preciso deixar de ser o que Deus determinou que sejamos para então fazer a diferença.Tanto n Biblia como na História encontraremos muitas outras mulheres que,sendo mães, esposas não deixaram de exercerum papel marcante na sociedade.Podemos citar ainda a rainha Ester que quando ficou sabendo do risco que seu povo corria, arriscou a propria vida e conseguiu salvar-los da morte.E mais recente vemos Maria mãe de Jesus que também se colocou a disposição para que Deus a usase como veículo para a nossa salvação;ela sabia que poderia ser apedrejada pois esta era a lei,mas a sua resposta foi:"Aqui estar a serva do Senhor;que se cumpra em mim conforme a tua palavra.Lc.cap.1:38"
Que seja esta a nossa resposta quando o nosso Deus nos chamar para sua obra, que façamos diferença nos nossos dias sem nos afastar do princípio de que é uma honra ser mulher,pois Deus nos fez para sermos espôsas,companheiras , amigas mães e ajudadoras e isto é muito bom!Pois o nosso Deus é perfeito e nunca,nunca jamais faz algo que não seja perfeito,maravilhosa, sensacinal.Ele sabe o que é melhor pra todos nós.
Seja uma mulher feliz, orgulhe-se,pois somos capazes de fazer muitas coisas mas nada se compara ao resultado de uma família bem estruturada que você com tudo que Deus te capacitou foi capaz de construir.
FAÇAMOS A DIFERÊNÇA SEM DEIXAR DE SER VERDADEIRAMENTE MULHER.
Texto referecias:Jz.cap.4, Et.cap.4,5,6 e7,Lc.cap.1:38

terça-feira, 30 de junho de 2009

Sarai e Hagar

Na Bíblia, que é um dos livros mais vendido no mundo,é possível encontrar ensinamentos úteis para todas áreas do cotidiano. Ela é apta para o ensino tanto para homens quanto para mulheres, jovens e crianças, quer ver um exemplo?Vejam como algumas mulheres deixaram seus nomes registrados na tragetória bíblica.Quando Deus chamou a Abrão, e lhe ordenou que saísse da sua parentela e fosse para um lugar por ele (Abrão) desconhecido,este não pensou duas vezes, pegou tudo que possuía e partiu tal qual o Senhor lhe ordenara, e Sarai(que era como se chamava antes que Deus lhe mudasse o nome)seguiu o seu esposo como era de se esperar, já que naquele tempo as mulheres não podia fazer diferente;porém mais tarde quando Abão recebe a promessa de que seria pai de uma grande Nação; Sarai que era estéril e ainda por cima já era de idade avançada, tanto que nem menstruava mais, ficou preocupada com seu marido, você pode imaginar o desespero que ela deve ter sentido?Como o seu marido poderia ter uma prole capaz de formar uma nação se ela estava incapacitada de lhe dar um filho?E aqui vai uma lição para nossa vida,Nós não temos capacidade para ajudar nos propósitos de Deus,Ele ÉÉÉÉ!!!tuuuudoooo em tooodoooossss!Mas como Sarai não era uni ciente e não tinha o privilégio que temos, (de conhecer a história da Bíblia)Ela decidiu que seu esposo deveria ter o filho através da sua serva, que era Egípcia, e assim resolveria o problema.Eu particularmente não a condeno, pois ela achou que estava ajudando o seu marido;porém,percebe-se que Sarai não conhecia a Deus parece que era como alguns crentes de hoje, que apesar de estar na Igreja todos os dias de culto,mesmo assim não O conhece, já que confunde Deus com um cartão de crédito;quando estão orando, a única coisa que fazem, é pedir bens materiais ao invés de declarar sua adoração,seu amor e dependência da graça de Cristo.Mas o nosso Deus faz sempre o que se propõe a fazer, e quando visitou Sarai outra vez, mudou-lhe o nome e passou chamar-se Sara. Mas antes disso,Hagar, assim que ficou grávida passou a desprezar a sua senhora,ela por sua vez foi reclamar com Abrão,e ele declarou a Sarai que era problema dela,que resolvesse como quisesse,ela assim o fez humilhou a serva e esta fugiu de sua presença.Outra lição a ser observada;devemos ter autoridade no comando de nossa casa, é o nosso espaço não delegue a outros uma função que lhe pertence.Não deixe que filhos, irmãos,sogras ou quem quer que seja, tome decisões que são de sua única responsabilidade.Para concluir,Deus, com todo seu poder e compromisso com seu servo Abraão(Deus mudou-lhe também o nome)abriu a madre de Sara e ela concebeu e deu a luz a Isaque o filho da promessa.E quando Sara viu que Ismael, o filho da escrava caçoava de Isaque,Sara agiu em defesa do seu filho, pediu à Abraão que despedisse a Hagar e o menino e Deus Aprovou a sua decisão, e assim , Sara protegeu e muito bem o seu filho e a sua descendencia. Referências biblicas(Gn.15:1a11 e 16:1 a 16 e ainda 17:5 e15 21:1 a 7 e 21:8 a 21)

domingo, 17 de maio de 2009

Abraão, o Pai da Fé

É sempre bom, que nós professores de escola dominical, tenhamos um pouco de tempo separado para analisar e aprender com estes grandes homens que encontramos nas páginas da Bíblia.Imaginem só o que podemos aprender se cultivarmos este hábito tão saudável. Sempre que ouço alguém falando sobre Abraão, na maioria das vezes, é centrado na sua prosperidade, porem, Ele é muito mais que apenas um homem próspero. Ele é em primeiro lugar exemplo de obediência,coisa que anda faltando nos nossos dias. Não é raro ver que muitos irmãos estão andando na contra mão da palavra que diz:" Porém Samuel disse: Tem,porventura,o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça sua palavra?Eis que obedecer é melhor do que sacrificar,e o atender, melhor do que a gordura de carneiros."(1Sm.15:)
Hoje, parece que qualquer coisa é melhor que obedecer; o cristão bem informado na palavra obedece às autoridades constituídas pois é isso que Deus espera de nós; obedece aos pais porque é mandamento.Mas Abraão também nos da exemplo de coragem, de fé de medo,pois era humano e como tal podia sentir-se amedrontado; em suma ele eram como qualquer um de nós, mas com uma diferença crucial: Ele amava e adorava somente a DEUS, e só a Ele prestava culto, ao contrário de muitos de nós,que por vezes adoramos nossos filhos, maridos,cantores gospel e tantas outras coisas; só que nem percebemos que estamos fazendo isto, sabe porque? Porque já banalizamos tanto as coisas que tornamos Deus, em uma pessoa muito próxima e muito amiga que nos serve quando precisamos; ou seja, invertemos os valores, ao invés de servi-lo nós é queremos ser servido por Ele e eu não tenho nenhuma dúvida de garantir para quem quiser que Deus não se agrada de tal atitude. Deus procura verdadeiros adoradores, Ele não precisa de superstar,Ele não quer pessoas que tem com objectivo ficar milionário a custa do evangelho.Temos que conhecer de verdade o Deus a quem servimos, imaginem se um pai humano iria ficar contente com o filho que só se aproxima do mesmo para adquirir lucros e mas nada, quanto mais o nosso Deus Senhor dos Senhores, Rei único e Soberano. Mas voltemos à Abraão, este sempre procurou agradar de toda a sua alma ao seu Pai Celestial, Abraão não discutia as ordens do Pai.
Que bom seria se os servos de hoje não ficasse procurando justificativas para suas desobediências com a desculpa de que os tempos mudaram. Eu só gostaria de saber se estas pessoas se lembram de uma coisa, DEUS É IMUTÁVEL!!! e nós somos como a poeira que o vento leva, para nós os tempos mudam mesmo. Quando Deus ordenou à Abraão que sacrificasse o próprio filho, Ele simplesmente obedeceu, mesmo sendo o seu filho tão esperado. Mas ele sabia que um simples mortal não tem competência para discutir um ordem do Deus Vivo. Por outro lado devemos analisar: Sendo Deus Uniciente,Omnipotente e Uni presente, Ele já sabia que seu servo O obedeceria, então porque será que o Senhor o ordenou a sacrificar o seu herdeiro tão aguardado?Par que eu você caro leitor, pudesse aprender que, quando Deus nos dá uma ordem devemos simplismente cumprir.
Sempre podemos tirar preciosas lições com a tragetória de Abraão pois tudo que lhe aconteceu foi porque ele creu no Deus fiel a quem serviu. Que possamos também ser um servo tal qual Abraão foi, confiando sempre e esperando no Senhor, pois Ele tem cuidado de nós e seremos sempre um vitoriso.

sábado, 2 de maio de 2009

Mãe

Sou um pouco de ti
Nasci de tua esperança,
Sou filha de tua alegria.
És para mim
A cantiga do amor primeiro
Gravada no coração da vida.
És a ternura de Deus
Que refaz as coisas
E recria o homem.
Por isso eu existo e sou
E posso dizer hoje e sempre:
Eu te amo, minha mãe!

Taís Calazans
(poesia de uma adolescente)
Do Boletim da SAF do Méier

Nos nossos dias, é comum ouvirmos no noticiário muitos fatos trágicos envolvendo crianças, cada vez menores; é muito triste perceber que em alguns casos,o agente agressor é uma pessoa que deveria proteje-la.As mães devem ser um escudo protetor, que defenda seus filhos de todo e qualquer perigo, que, por ventura possa atingir-los ,pois Deus nos privilegiou com esta dádiva.Devemos nos lembrar sempre desta responsabilidade.
Entre 1520 e 1330 A.C viveu uma mulher no antigo Egito que soube como ninguem exercer esta responsabilidade, e o fez, mesmo correndo um grande perigo.
Depois da morte de José, os seus descendentes, os israelitas se multiplicaram muito , tornando-se numerosos e fortes.O Rei do Egito,tentando impedir este crescimento,impôs pesado jugo sobre os filhos de Israel; mas isso não surtiu o efeito desejado; então o rei do Egito ordenou que todo os meninos que nascesse,deveria ser morto; e é aqui que encontramos uma mãe que soube cumprir muito bem a sua função. Joquebede estava grávida e quando seu filho nasceu,ela o escondeu por três meses, quando percebeu que não podia mas protege-lo, escondendo-o em casa,ela colocou seu bebê em um cesto de junco,calafetado com betume e pinche e colocou no rio onde as filhas do Faraó se banhavam. Assim Joquebede,consegiu salvar seu filho da morte, ainda o levou ser criado como um princípe.
Que Deus em sua infinita bondade abençoe rica e abundantemente; e que sejamos observadoras das atitudes protetoras de Joquebede. Graça e Paz vos seja multiplicada.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Caim e Abel

Hoje eu quero falar de um personagem muito pouco comentado. A princípio, ele não tem nada a acrescentar às nossas vidas, porém, eu tenho a impressão de que isto é um equívoco. Quando estudamos a Palavra de Deus, na maioria das vezes, procuramos aprender com os fatos e seus personagens e com Caim não é diferente.Querendo ou não é um dos personagens da Bíblia.
Para começo de conversa,vamos analisar porque motivo a oferta de Abel foi aceita ao passo que a oferta de Caim foi recusada."Aconteceu que no fim de uns tempos trouxe Caim do fruto da terra uma oferta ao Senhor.Abel, por sua vez,trouxe das primícias do seu rebanho e da gordura deste.Agradou-se o Senhor de Abel e de sua oferta;ao passo que de Caim e de sua oferta não se agradou..."(Gn.4:3a5).Observando o texto acima notamos que enquanto Abel ofereceu o principal, o melhor dos melhores!como deve ser as ofertas para o Senhor, Caim trouxe uma oferta comum do fruto da terra
Tal qual um jogo para cumprir tabela ou seja Caim trouxe uma oferta apenas.Quando ofertamos ao Senhor,devemos sempre lembrar que, tudo vem dele, não somos donos de coisa alguma;nem das nossas próprias vidas; Ele é tudo em todos.Aqui encontramos um motivo da rejeição; porque Deus não precisa das nossas ofertas, nós é que precisamos demonstrar que reconhecemos a sua soberania, seu domínio em nossas vidas.Ai reside o grande erro não só de Caim, mas também de muitos de nós; o ato de ofertar é ,em primeiro lugar, demonstração de amor e gratidão,lembrando que o nosso Senhor ver além das aparências.
Então o que aprendemos é que não devemos ser negligente quando o assunto é a oferta, pois já que tudo que temos e somos vem do Senhor,então temos que dar sempre o nosso melhor.
Não sejamos negligentes.A Deus sempre as primícias porque para Ele e por Ele são todas as coisas.
Resumindo, Abel ofertou por amar ao Senhor;enquanto Caim apenas cumpriu o Ritual."Ao entrares na terra que o Senhor teu Deus, te dá por herança,ao possuí-la e nela habitares,tomarás das primícias de todos os frutos do solo que recolheres da terra que te dá o Senhor,teu Deus e as porás nun cesto,e irás ao lugar que o Senhor,teu Deus escolher para ali fazer habitar o seu nome."(Dt.26:1e2).